A química dos números

Você sabia que dá para juntar moléculas e números em uma brincadeira?

Certo dia, um laboratório de química foi invadido por números em busca de diversão. Eles foram atraídos por esses três objetos…

E um número disse:

– A gente poderia começar com a cobrinha, que tal?

Essa cobrinha representa uma molécula de acetileno.  Ela é usada para produzir chamas que derretem até metal! Mas os números queriam mesmo era se divertir e inventaram a seguinte brincadeira: como você pode ver, o acetileno tem 4 bolas e 3 varetas ligando as bolas, certo? Os 4 primeiros números ímpares 1, 3, 5 e 7 deviam cada um ficar em uma bola e os números pares 2, 4 e 6, entre eles, nas varetas. Mas a graça dessa brincadeira é que não poderia ser de qualquer jeito. Eles precisavam ficar distribuídos de forma que o número par em cada vareta fosse igual à diferença entre os números ímpares das bolas ligadas à vareta.

Eles pularam em cima da cobrinha e ficaram distribuídos assim:

Em seguida, os números encontraram o modelo do metano. Veja:

Essa molécula uma das responsáveis pelo efeito estufa. Bem, os números foram logo pulando em cima do metano para tentar novamente a mesma brincadeira. Dessa vez, os ímpares são 1, 3, 5, 7 e 9, e os pares 2, 4, 6 e 8.

Você é daquelas pessoas que acha que tentar resolver enigmas é mais divertido do que olhar direto a resposta? Eu acho que você é, e por isso vou deixar essa do metano para você, pode ser?

Bem, seguindo em frente, os números avistaram o que parecia ser um cachorrinho, mas, na verdade, era uma molécula de etanol. Essa molécula compõe o álcool gel, tão importante nesses dias de pandemia.

Gráficos Marina Vasconcelos

Os números toparam o desafio, e, depois de algumas tentativas frustradas, os ímpares preencheram as bolinhas como você pode ver na figura. Mas ainda faltavam os números 1 e 17, que deveriam ficar nas bolinhas pretas. Se você puder ajudá-los a escolher as bolinhas certas para ficar e depois colocar os pares nas varetas, pode ter certeza de que vai começar uma longa amizade entre vocês!


pedro_roitman

Pedro Roitman,
Instituto de Matemática,
Universidade de Brasília

Sou carioca e nasci no ano do tricampeonato mundial de futebol – para quem é muito jovem, isso aconteceu em 1970, século passado! Enquanto fazia o curso de Física na universidade, fui encantado pela Matemática. Hoje sou professor.

Matéria publicada em 17.09.2020

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem protege os meros?

Peixes que podem ser maiores do que humanos estão ameaçados de extinção.

Mar, misterioso mar!

Cheio de vida e de surpresas, o oceano mexe com a imaginação da gente.