Bolas de futebol no espaço sideral

A matemática, como a arte, está em toda parte. Seja nas brincadeiras ou até mesmo fora da Terra.

Outro dia me lembrei de uma brincadeira do tempo de criança: ver quem consegue chutar mais alto uma bola de futebol. Lembrei-me também de um amigo com bastante imaginação, que perguntou:

– Será que existe alguém com um chute tão forte que consegue mandar essa bola para o espaço?

Eu respondi:

– Claro que não! Nem se fosse o Rivelino!

(Rivelino era um craque do futebol na época! Tinha um chute tão forte que era chamado de a patada atômica.)

Que ideia maluca essa do meu amigo: bolas de futebol no espaço sideral! Onde já se viu isso?

 

Gráfico Aaron Rotenberg
Wikimedia Commons

 


pedro_roitman

Pedro Roitman,
Instituto de Matemática,
Universidade de Brasília

Sou carioca e nasci no ano do tricampeonato mundial de futebol – para quem é muito jovem, isso aconteceu em 1970, século passado! Enquanto fazia o curso de Física na universidade, fui encantado pela Matemática. Hoje sou professor.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem protege os meros?

Peixes que podem ser maiores do que humanos estão ameaçados de extinção.

Mar, misterioso mar!

Cheio de vida e de surpresas, o oceano mexe com a imaginação da gente.