Fábrica de sombras

Grandes ou pequenas, como surgem as sombras? Antes de responder a esta pergunta, precisamos fazer outra para não deixar sombra de dúvida! A pergunta é: como enxergamos? O que isso tem a ver com as sombras você já vai saber!

Ilustrações Evandro Marenda

Tome nota de uma informação importante: a luz do Sol ou de uma lâmpada quando ilumina um objeto é refletida nele e se espalha em várias direções. Os nossos olhos detectam essa luminosidade que vem dos objetos e também as cores deles. Já o cérebro se encarrega de interpretar o que estamos vendo. Junte os dois órgãos: olhos + cérebro e… Tcha-ram!! A visão acontece! 

Alguns objetos refletem mais luz e, portanto, são, para os nossos olhos, mais claros. Outros objetos refletem menos luz e os vemos mais escuros. Por exemplo, existem gatos brancos e pretos: os brancos refletem bastante a luz que chega neles, enquanto os pretos quase não refletem a luz. Isso acontece porque o que tem cor branca reflete todas as cores, e o que é preto absorve todas elas. 

Bloqueio solar

Há também outras coisas que podem parecer claras ou escuras se forem muito ou pouco iluminadas. Isso pode acontecer se a luz, por algum motivo, não chegar ao objeto que temos diante dos olhos. Vamos a um exemplo…

Imagine que você está caminhando em um dia ensolarado. Você está sendo iluminado(a) pelo Sol e até sente na pele o calor que a luz produz; o gato branco que caminha à sua frente também sente a luz solar e aparece para você bem branquinho. Mas, d. De repente, durante a caminhada, um poste fica entre o gato e o Sol. Nesse momento, o gato branco fica escuro! Por quê? Porque a luz do Sol não consegue mais chegar até ele e, já por isso, não é refletida como era antes (quando ele caminhava iluminado pelo Sol). 

Dizemos, neste caso, que o gato entrou na sombra do poste. 

Mais sombra

Todas as coisas que não são transparentes produzem sombra, ou seja, impedem a luz de continuar o seu caminho e iluminar outros objetos. Assim, o poste que se colocouacabou ficando entre o gato e o Sol, por não ser de vidro, impediu que a luz chegasse ao felino.

Nós mesmos, ao caminhar, por não sermos transparentes, impedimos que a luz chegue a uma parte do chão, parte esta que também fica escura – é a sua sombra! Dependendo de onde está o Sol, ela será muito grande ou bem pequena. Veja na figura abaixo (e observe você mesmo ao caminhar na rua) que as sombras são maiores no inicio e no final do dia.

Gráfico Nato Gomes

Os objetos que não deixam passar a luz e, portanto, sempre fazem sombra são chamados opacos. Pessoas, pedras, madeiras, metais e alguns papéis são exemplos de objetos opacos. Já objetos que deixam quase toda a luz passar são chamados transparentes. A, como, por exemplo, alguns vidros, cristais e plásticos são considerados transparentes. 

Na verdade mesmo, só o vácuo (espaço onde nada, nem o ar existe) é completamente transparente à luz. O vidro, e até mesmo o ar, por mais que pareçam, não são completamente transparentes à luz.

1, 2, 3, testando!

Agora, que você tem algumas informações sobre sombras, que tal realizar alguns testes para observá-las com mais atenção? Você vai precisar apenas de uma lanterna (pode ser a do celular), alguns objetos opacos à sua escolha e de suas próprias mãos!

Sombras de objetos opacos

Acenda a lanterna e coloque diferentes objetos na frente da luz (bonecos de plástico, caixas, livros, pedras etc.). Agora formule algumas perguntas e tente respondê-las.

Por exemplo: a luz atravessa algum desses objetos? Esse objeto faz sombra? A sombra é mais ou menos escura? Por último, aproxime e afaste os objetos da luz. O que acontece com as suas sombras? 

Sombras de mãos

As suas mãos são opacas, ou seja, não deixam passar luz, produzindo boas sombras. Com um pouquinho de treino, você pode se divertir muito criando sombras com formas de animais. Quer experimentar? Então, escolha um cômodo da sua casa, apague a luz, feche janelas e portas. Em seguida, acenda a lanterna e aponte-a para uma parede. Agora, basta colocar as mãos na frente da lanterna e tentar seguir os modelos abaixo. Mas é claro que você também pode inventar outros!

Marcelo M. F. Saba
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

video
play-sharp-fill

Aqui tem um coelho
musculoso se exibindo!
Você consegue fazer igual?

Matéria publicada em 30.09.2022

COMENTÁRIOS

  • Lorena

    Adorei o artigo achei interessante

    Publicado em 15 de março de 2023 Responder

  • João Heizo Medeiros de Freitas

    eu apredi os movimeitos como fazer sombras com as mãos em forma de animais, e muita soutras coisas . Muito obrigado

    E M. E I. F Jose Emidio de Aquiar

    Profe . Sueli . de Feitas .

    Cidade: Barueri

    Publicado em 20 de setembro de 2023 Responder

  • Maria Eduarda – Aluna da Emeb Fco Rodrigues de Medeiros. São Benedito-Ce

    Eu achei o artigo muito interessante, pois eu aprendi o porquê que as sombras ganha formas e tamanho. Também gostei de descobrir que podemos fazer formas diferentes de sombras com as mãos, é muito divertido.

    Publicado em 2 de outubro de 2023 Responder

  • Lara Crisley aluna do 8°ano da escola EMEB Cícero Clementino de Medeiros São Benedito-Ce

    Querido Editor,

    Achei muito interessante o antigo, pois na minha opinião nela explica de uma forma simples e bem infantil!
    Fazendo com que a criança entenda mais fácil.

    Atenciosamente
    Cris ♡

    Publicado em 6 de outubro de 2023 Responder

  • Maria Yasmin

    Achei interessante a forma como explicaram e como deram bons exemplos sobre como a formação das sombras acontece, eu já sabia um pouco mas gostei dessa edição!

    Atenciosamente.
    Maria Yasmin, do 8° ano da E.M.E.B Francisco Rodrigues de Medeiros – Ceará

    Publicado em 16 de outubro de 2023 Responder

  • Rebeka Bispo

    Muito obrigada pela força de aprender com a CHC

    Publicado em 22 de novembro de 2023 Responder

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Aves que semeiam

Sabia que algumas aves têm a capacidade de semear? Vamos descobrir quem são elas e como fazem brotar novas plantas!

Quando as mãos falam

Quem quer saber mais sobre a Libras, a Língua Brasileira de Sinais?