Papai cortiçol em ação

Ave tem uma estratégia especial para levar água aos filhotes

O cortiçol-de-namaqua.
Foto Chris Eason/Wikimedia Commons

A vida no deserto africano do Kalahari não é fácil. Afinal, o calor é intenso e a água é escassa. Apenas espécies bem adaptadas sobrevivem naquele lugar. Uma dessas espécies é o cortiçol-de-namaqua, parente distante dos pombos.

Os cortiçóis se alimentam principalmente de sementes, e os filhotinhos já conseguem procurar por elas para saciar a fome poucas horas após saírem dos ovos. Mas isso não basta, porque os pequeninos recém-nascidos também precisam de água. Aí está um grande desafio, porque a água no deserto se acumula em poços longe do ninho dos cortiçóis. E agora?

Apesar de os cortiçóis conseguirem caminhar e procurar comida assim que nascem, eles não sobrevivem a uma jornada de alguns quilômetros até o poço de água. Então, a água precisa chegar até eles. Como? Com a ajuda do papai!

Machos adultos do cortiçol-de-namaqua possuem penas especiais em seu peito. Essas penas têm ramos muito, muito pequenos, chamados bárbulas, que ficam enroladinhos como molas. O papai cortiçol voa até o poço mais próximo, mergulha seu peito na água e as penas especiais conseguem prender o líquido entre elas. Até 40 mililitros de água ficam presos nas penas do cortiçol. Embora metade ou mais evapore durante o voo de volta para o ninho, que geralmente leva alguns minutos, a água que resta é suficiente para saciar a sede dos filhotes!

O cortiçol-de-namaqua molhando as penas do peito para levar água aos filhotes.
Foto Krista Oswald / iNaturalist / CC BY-NC 4.0

Depois de quatro a cinco semanas do nascimento, os pequeninos cortiçóis já conseguem voar. E com seis a oito semanas já estão prontos para baterem asas até o poço de água, dando um descanso merecido ao paizão.


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 24.01.2023

COMENTÁRIOS

  • Camila

    Botucatu,16 de Março 2023

    Olá pessoal da revista CHC
    Meu nome é Camila tenho 9 anos de idade estou no 5 ano A na escola de periodo integral “Hernâni Donato ” localizada “Alameda dos Colibris” N700 , bairro Cedro na cidade de Botucatu S/P.
    Eu vi está notícia sobre o “Cortiçol” e gostei muito mesmo dessa informação, porque não sabia sobre isso e fiquei muito feliz em conhecer esse pássaro .Gostaria que vocês trouxessem mais características sobre o Cortiçol .NA minha escola tem um projeto muito legal que se chama “Passarinhando”.

    Camila.

    Publicado em 16 de março de 2023 Responder

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Bateria de moedas

Hora de se divertir com experimentos e atividades!

Tem criança no samba!

As escolas de samba mirins são uma alegria a mais no carnaval.