Por que fico feliz quando faço carinho nos animais?

Fazer cafuné nos bichos de estimação pode fazer bem à saúde.

Ilustração Walter Vasconcelos

Quem tem ou já teve um bichinho de estimação, ou mesmo quem pega carona nos dos amigos, sabe que fazer carinho num animal nos dá uma sensação de tranquilidade e felicidade. E isso independe se o animal tem pelo ou não. 

Essa sensação de prazer pode acontecer porque, ao fazer carinho num animal, o nosso cérebro reduz a liberação de uma substância chamada cortisol, muito conhecida como “hormônio do estresse”. Com isso, nos sentimos mais relaxados, reduzindo a ansiedade. A ocitocina é outro hormônio liberado pelo cérebro no contato afetuoso com animais. Ela nos dá a oportunidade de experimentarmos a empatia (capacidade de sentir o que a outra pessoa sente), o fortalecimento de vínculo, a melhora da autoestima e até nos faz exercitar a nossa generosidade. Para você ter uma ideia da sua importância, a ocitocina é o hormônio liberado pela mãe que fortalece o vínculo entre ela e o seu bebê. Por essa e por outras, tem o apelido de “hormônio do amor”. 


priscila

Priscilla Oliveira Silva Bomfim
Núcleo de Pesquisa, Ensino, Divulgação e Extensão em Neurociências (NuPEDEN)
Universidade Federal Fluminense

Sou pesquisadora apaixonada pelo cérebro e aqui vamos conversar sobre como este órgão é fascinante e controla tudo na nossa vida. Vem comigo?

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

O superquique!

Hora de se divertir com experimentos e atividades!

Bateria de moedas

Hora de se divertir com experimentos e atividades!