Rã… sauro??? Eu, hein!

Anfíbio pequeno de hábito aquático, que viveu há milhões de anos, é parente distante das rãs atuais

Uma reprodução da rã-pipa-do-Crato há cerca de 110 milhões. Seu corpo achatado, mãos e pés com membranas facilitavam a natação.
Ilustração: Deverson Silva, Pepi, Journal of South / American Earth Sciences

Ficha Técnica

Nome: rã-pipa-do-Crato (Cratopipa novaolindensis)
Origem: Bacia do Araripe, município de Nova Olinda, Ceará
Tamanho: cerca de três centímetros
Peso: desconhecido
Época em que viveu: entre 113 e 109 milhões de anos (Período Cretáceo)

Thais Helena Condez
Instituto Nacional da Mata Atlântica
Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Juliane Petry de Carli Monteiro
Departamento de Biodiversidade
Universidade Estadual Paulista

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem protege os meros?

Peixes que podem ser maiores do que humanos estão ameaçados de extinção.

Mar, misterioso mar!

Cheio de vida e de surpresas, o oceano mexe com a imaginação da gente.