#Superdicas CHC

LIVROS

Mundo sem cor

Quando os camaleões habitavam um mundo sem cor, o imperador dizia: “Não vão lá fora, não há nada lá”. Será? Se eles se arriscarem um pouco, talvez possam descobrir algo diferente do que está sendo dito. O que você faria se fosse um desses camaleões? 

Lá fora. Texto e ilustrações de André Neves. Companhia das Letrinhas.

Qual a cor da sua pele?

O que representa a cor da sua pele? Faz alguma diferença para você? A autora desse livro conta um pouco sobre a própria experiência e sobre como a cor da pele dela a agrada, porque é onde está impressa a sua identidade. Mas essa conversa não é só sobre pele, é também sobre chegar mais perto para conhecer melhor as pessoas. 

A pele que eu tenho. Texto de Bell Hooks, ilustrações de Chris Raschka e tradução de Nina Rizzi. Editora Boitatá.

Divulgação

AUDIOLIVRO

A história da minha pele

Para você que se interessou pelo livro A pele que eu tenho, aqui vai uma opção à leitura: ouvir a história no audiolivro! No roteiro, um diálogo sobre raça, identidade e a importância de não julgar as pessoas num primeiro olhar.

A pele que eu tenho. Audiolivro.

FILME

Imaginários, mas nem tanto

Já ouviu falar em amigos imaginários? Aqueles, que nem sempre são humanos, mas que estão sempre ao lado de algumas crianças, para brincar e conversar? Nessa animação, criaturas fantásticas se revelam amigos imaginários de uma menina que enxerga além do que os olhos podem ver. Ela parece ter uma missão! Qual será?

Amigos imaginários. Paramount Pictures Brasil. Nos cinemas. Assista ao trailer.

Divulgação

Matéria publicada em 31.05.2024

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem protege os meros?

Peixes que podem ser maiores do que humanos estão ameaçados de extinção.

Mar, misterioso mar!

Cheio de vida e de surpresas, o oceano mexe com a imaginação da gente.